terça-feira, 22 de junho de 2010

Exercício

Como é que vos posso explicar isto sem parecer demasiado lamechas. Ontem, no ensaio tivemos de fazer um exercício que consistia na utilização de movimentos para contar uma história. Pois que eu e o meu par e eu tínhamos a história mais recambolesca de sempre, cheia de peixeiradas e ordinarices. Eu, como sempre não estava a perceber nada do exercício e recorri a várias ajudas. A coisa deu-se de tal forma que no meio dos movimentos, com a música, as pessoas, os gestos, dei por mim com as lágrimas nos olhos de comoção abraçado ao meu par e pelo que percebi não fui o único a sentir as lágrimas.

2 comentários:

Fatucha disse...

Tenho saudades desse tipo de exercicios, mexem mto com o nosso eu. Liberta tudo o que há de emoções cá para fora...bjs

Olhos Dourados disse...

Que giro!:)