sábado, 22 de maio de 2010

Best friend

Ontem encontrei-me com o meu melhor amigo. O que seria um café, prolongou-se por horas de conversa pela madrugada fora com uma cerveja na mão ( que passaram a ser 3 cervejas). Já não nos víamos á algum tempo e eu sentia que devia preencher essa falha, que era principalmente minha. Eu é que parei de dar notícias, de enviar mensagens, de telefonar. Todos os dias pensava nisto e sentia-me triste, achava que estava na altura de agarrar no telefone e acabar com o silêncio. Aconteceu ontem, com um apelo no Facebook combinámos uma café em minutos. Acreditem que me senti tão feliz, mais feliz ainda quando ele me disse:
"- Por muito tempo que passasse, tu serias sempre daquelas pessoas que eu não me esqueço e que nunca me falhará..."
Depois disto, espero não voltar a falhar como amigo, estar sempre presente e retomar as nossas aventuras.

3 comentários:

Fatucha disse...

Fico contente por ti, sei o q é isso, ficamos aliviados. bjs

rosalina disse...

ah pois é...mas ainda não tas perdido...ainda tens consciencia e tentas reparar...kiss

Olhos Dourados disse...

Fizeste muito bem!